Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.4/638
Título: Vacinação em Doentes Reumáticos
Outros títulos: Vaccination in patients with rheumatic diseases
Autor: Araújo, P
Silva, C
Faustino, A
Pereira da Silva, JA
Palavras-chave: Doenças Reumáticas
Vacinação
Data: 2002
Editora: Sociedade Portuguesa de Reumatologia
Citação: Acta Reumatol Port. 2002;27(3):191-200
Resumo: As doenças infecciosas continuam a ser uma causa importante de morbilidade e de mortalidade nos doentes reumáticos imunodeprimidos. Assim a prevenção das infecções e a avaliação da importância da vacinação devem ser uma prioridade na prática clínica. Neste artigo são apresentadas as principais indicações de vacinação em doentes reumáticos, actualmente recomendadas, salientando a sua eficácia, segurança, doses óptimas, esquema de posologia e factores adjuvantes. O uso de vacinas vivas está contra-indicado nos doentes reumáticos imunodeprimidos, e só deve ser administradas após 3 meses de suspensão da terapêutica imunosupressora. A reintrodução da terapêutica imunossupressora deverá ser efectuada 2 semanas após o uso de uma vacina viva. Se o doente for imunizado durante a toma de imunossupressores pode não atingir uma resposta imune adequada, devendo-se assumir que não está imunizado e repetir a imunização após 3 meses de suspensão da terapêutica. As vacinas que usem uma toxina ou um microorganismo inactivo estão indicadas e na maioria dos casos são bem toleradas e eficazes. As vacinas do tétano, difteria, pneumococica e influenza são eficazes e o seu potencial benefício e de segurança justificam o seu uso nos doentes reumáticos imunodeprimidos.
URI: http://hdl.handle.net/10400.4/638
Aparece nas colecções:REU - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Vacinação em Doentes Reumáticos.pdf251,09 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.