Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.4/2162
Título: Aloenxertos ósseos granulados esponjosos criopreservados na revisão do componente acetabular de artroplastias da anca: protocolos de preparação, de processamento e técnica de impactação
Autor: Judas, F
Pinheiro, VH
Ferreira, I
Matos, P
Francisco, C
Dias, R
Palavras-chave: Transplantação de Osso
Transplantação Homóloga
Próteses da Anca
Data: 2018
Citação: Rev Port Ortop Traumatol. 2018; 26 (2):151-158.
Resumo: Os defeitos ósseos acetabulares presentes numa falência de uma artroplastia total da anca podem ser reconstruídos com enxertos ósseos granulados impactados, quer se reimplante uma cúpula cimentada quer uma cúpula não cimentada. Na maioria das publicações ortopédicas, os enxertos ósseos são preparados a partir de cabeças femorais colhidas em dadores vivos submetidos a uma artroplastia da anca. O propósito deste trabalho é descrever os métodos de preparação e processamento e a técnica de impactação de aloenxertos esponjosos granulados congelados, usados na reconstrução acetabular de revisões de artroplastias da anca. O osso esponjoso colhido nos pratos da tíbia e nos côndilos femorais do dador de órgãos, é fragmentado com instrumentos manuais e não com um moinho de osso, é submetido a soluções de peróxido de hidrogénio e de etanol e conservado a -80ºC. O tamanho dos fragmentos (7-10 mm), a lavagem dos enxertos, a contenção dos defeitos ósseos, a técnica de impactação convencional e a vascularização do osso hospedeiro, são fatores críticos para o sucesso das reconstruções acetabulares biológicas.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.4/2162
Aparece nas colecções:ORT - Artigos



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.