Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.4/1830
Título: Oximetria de pulso no diagnóstico de cardiopatia congénita. Sugestões para a implementação de uma estratégia de rastreio
Outros títulos: Pulse oximetry in the detection of congenital heart disease. Strategies for implementing a screening program.
Autor: Morais, S
Mimoso, G
Palavras-chave: Cardiopatias Congénitas
Oximetria
Diagnóstico Precoce
Data: 2013
Citação: Acta Pediatr Port 2013;44(6):343-7
Resumo: As cardiopatias são o grupo mais comum de anomalias congénitas. Neste grupo, 25% são consideradas críticas e necessitam de cirurgia ou cateterismo de intervenção durante o 1º ano de vida. O diagnóstico atempado e precoce destas situações melhora o prognóstico, diminuindo a morbi-mortalidade associada. Tem havido um grande interesse na utilização da oximetria de pulso como método de rastreio das cardiopatias congénitas. A justificação para o seu uso reside no facto de nalgumas cardiopatias congénitas críticas, haver algum grau de hipoxémia mesmo antes da cianose ser clinicamente evidente. A oximetria de pulso é um teste não invasivo, não doloroso, fácil de executar, com grande fiabilidade na avaliação da hipoxémia. Dada a evidência cientifica, a exequibilidade, segurança e ganhos potenciais em saúde com a aplicação do teste, parece haver razões para a realização do rastreio de forma universal. Descreve-se a metodologia utilizada na implementação numa maternidade do rastreio de cardiopatia congénita com oximetria de pulso.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.4/1830
Aparece nas colecções:CO - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2013_Oximetria_Rastreio-cardiopatia_MBB.pdf2,47 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.