Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.4/1446
Título: Importância da simulação no treino de equipa para eventos críticos em obstetrícia: resultados da primeira fase do plano nacional de educação médica contínua
Outros títulos: The importance of simulation in team training on obstetric emergencies: results of the first phase of the national plan for continuous medical training
Autor: Maio-Matos, F
Sousa-Gomes, A
Costa, FJ
Santos-Silva, I
Carvalhas, J
Palavras-chave: Anestesia Obstétrica
Simulação Médica
Ensino Médico Pós-Graduado
Data: 2012
Citação: Acta Med Port. 2012;25(2):64-7.
Resumo: As emergências obstétricas são eventos raros e inesperados. O modelo tradicional para a formação médica nestes eventos críticos apresenta limitações óbvias. Dada a variedade de competências técnicas e o ambiente de alto risco em que são aplicadas, a obstetrícia é uma especialidade que se adequa totalmente ao treino através de técnicas ou tecnologias aplicadas à Medicina ou Obstetrícia. Este modelo de aprendizagem constitui uma oportunidade para aprender e treinar competências técnicas simples e complexas, bem como a oportunidade para ensaiar e aprender com os erros, sem riscos para os doentes. Assim, elaborámos um estudo com o objectivo de avaliar a percepção dos formandos relativamente a quais os factores associados à falibilidade humana antes e após a formação clínica com simulação; comparar o nível de confiança para a resolução de situações emergentes obstétricas entre internos e especialistas com mais de 5 anos de experiência, antes e após uma acção formativa em gestão de eventos críticos de Obstetrícia; determinar o valor atribuído pelos formandos à simulação como instrumento formativo em cuidados emergentes. Nesta fase do programa, correspondente às 3 primeiras sessões formativas em gestão de eventos críticos de Obstetrícia, participaram 31 médicos. Após a acção formativa, verificaram-se alterações na percepção dos formandos relativamente a quais os factores associados à falibilidade humana, no nível de confiança para a resolução de situações emergentes obstétricas e no valor atribuído pelos formandos à simulação como recurso pedagógico.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.4/1446
Aparece nas colecções:CSB - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Simulação.pdf282,49 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.