Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.4/1273
Título: Tratamento de imunodeficiências primárias por deficiência predominante de anticorpos
Outros títulos: Treatment of predominantly antibody primary immunodeficiency diseases
Autor: Faria, E
Silva, S
Español, T
Palavras-chave: Síndromes de Imunodeficiência
Data: 2004
Editora: Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica
Citação: Rev Port Imunoalergol. 2003; 12 (3):251-60
Resumo: As imunodeficiências primárias (IDP) por défice predominante de anticorpos são as IDP mais frequentes. Apresentam fenótipos muito diversos, com espectro de manifestações clinicas muito variável que pode atrasar o diagnóstico. O seguimento destes doentes implica na maioria dos casos, a instituição a longo prazo de terapêutica substitutiva com gamaglobulina intravenosa ou subcutânea. A dose terapêutica com gamablobulina deve ser ajustada a cada doente com o objectivo de manter os níveis de IgG superiores a 500mg/dl. Apresenta-se um protocolo, elaborado a partir da experiência partilhada no estágio efectuado no Hospital de Vall d´Hebron. Inclui-se as doses, forma de administração de GGIV, reacções adversas e medidas de avaliação clínica e laboratorial da sua eficácia e eventual iatrogenia. São referidas as principais complicações associadas a este tipo de IDP: infecciosa, envolvendo diversos sistemas e outras menos frequentes como doenças autoimunes, neoplásicas e linfoproliferativas. O diagnóstico precoce e instituição terapêutica adequada são factores determinantes na evolução clínica, qualidade de vida e prognóstico destes doentes.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.4/1273
Aparece nas colecções:ALER - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tratamento Def Anticorpos 2004.pdf486,28 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.