Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.4/1222
Título: Aloenxertos criopreservados no tratamento de defeitos osteocartilagíneos
Autor: Judas, F
Mendes, AF
Palavras-chave: Criopreservação
Procedimentos Cirúrgicos Ortopédicos
Transplantação de Osso
Data: 2009
Editora: Banco de Tecidos dos HUC, Clínica Universitária de Ortopedia dos HUC; Faculdade de Farmácia e Grupo de Imunologia Celular do Centro de Neurociências e Biologia Celular, Universidade de Coimbra
Citação: Coimbra:Clínica Universitária de Ortopedia, HUC; 2009
Resumo: A reparação cirúrgica dos defeitos da cartilagem articular representa uma das situações mais difíceis de tratar em Ortopedia. Os aloenxertos osteocartilagíneos devem ser reservados para a reconstrução de defeitos significativos envolvendo cartilagem e osso (> 3 cm de diâmetro e 1 cm de profundidade), isto é, nas lesões demasiado extensas para serem corrigidas através de outras técnicas. Os aloenxertos osteocartilagíneos criopreservados apresentam vantagens em relação aos frescos, que incluem uma maior segurança microbiológica, menor capacidade imunogénica ligada ao tecido ósseo e estão disponíveis em maior número. No entanto, os aloenxertos osteocartilagíneos frescos mantêm uma maior viabilidade condrocitária e, por isso, oferecem um melhor desempenho clínico. Embora permita recuperar um maior número de condrócitos vivos, a utilização de crioprotectores está ainda longe de originar a protecção completa e eficaz de todos os condrócitos presentes na cartilagem articular, o que compromete significativamente o desempenho clínico a médio ou a longo termo dos aloenxertos osteocartilagíneos criopreservados. A combinação de um potente agente crioprotector como parece ser a arbutina, com meios mecânicos capazes de exercer uma pressão adequada poderá ser a chave para se alcançar uma percentagem significativa de condrócitos vivos após o processo de descongelação da cartilagem criopreservada e, assim, poderá assegurar a eficácia clínica, a médio e longo prazos, dos aloenxertos osteocartilagíneos criopreservados.
URI: http://hdl.handle.net/10400.4/1222
Aparece nas colecções:ORT - Publicações Pedagógicas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
transplantações.pdf902,06 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.